Jornal Turismo Virtual

 

O CENTROSUL, até o próximo domingo, é o mais completo palco do turismo catarinense

15/05/2009

O CENTROSUL, até o próximo domingo, é o mais completo palco do turismo catarinense. Trata-se da 2ª edição do FIMC – Festival de Integração Multicultural Catarinense. Trata-se de uma promoção da Assembléia Legislativa e da FECAM, com o apoio do Funturismo do Governo do Estado de Santa Catarina. Entre corredores e gente bonita, inúmeros standers apresentam o que Santa Catarina tem de melhor. As nove regiões do estado de maneira surpreendente e inovadora, estão sendo capaz de fazer o visitante ir da magnitude da Serra Catarinense à beleza do Vale Europeu em poucos passos.

E neste breve percurso pode vivenciar novos olhares sobre melodias, sabores e cores diversificados que fazem parte do legado cultural da colonização catarinense. Vale lembrar que o FIMC ocupa uma área de 7.605 m².

E não é só isso, paralelo ao evento acontecem debates, fóruns, a exemplo do “Fórum Turismo, Sustentabilidade e a paisagem construída”, que aconteceu até o meio dia de ontem, quinta-feira, organizado pela AsBEA/SC que integra o FIMC, cujo debate girou em torno de Eco-Urbanismo, palestra gratuita aberta ao públic, ministrada pelo convidado internacional, o arquiteto e urbanista espanhol Miguel Ruano. Paralelo ao FIMC acontece no Costão do Santinho o WTTC, encontro mundial de turismo que está em sua nona edição e que pela primeira vez é realizado na América Latina, reunindo os maiores empresários do turismo do mundo.

A importância do evento é vital não só para Santa Catarina como para o Brasil, tanto que em sua abertura contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que salientou as ações do governo federal para fomentar o turismo no Brasil, que sem dúvidas é uma indústria do desenvolvimento cultural e econômico, além de gerador de empregos e distribuidor de renda.

Já o presidente executivo do WTTC, Jean-Claude Baumgarten, agradeceu as autoridades brasileiras pelo apoio recebido no país que, declarando segundo que os integrantes do WTTC tentam há anos convencer os governantes da importância do turismo para a economia global, mas no Brasil não foi necessário tal esforço. Baumgarten afirmou que o nosso país sabe exatamente a importância do setor.

Além deles, dirscursaram na cerimônia de abertura o presidente do Conselho Consultivo do WTTC, Geoffrey Kent; o ministro do Turismo, Luiz Eduardo Barreto; o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira; e o prefeito de Florianópolis, Dário Berger. Cabe ressaltar que um dos destaques na abertura do encontro foi o resultado de uma pesquisa realizada pelo WTTC em nosso Estado, demonstrando que o setor de viagem e turismo deve dobrar em Santa Catarina nos próximos 10 anos. Atualmente, o setor é responsável por 12,5% do PIB local, o que equivale a US$ 6,4 bilhões, e deve crescer 4,5% ao ano, chegando a uma fatia de US$ bilhões do PIB em 2019.

 

Voltar

® Copyright 2007 - Portal Turístico do Brasil. - Turismo Virtual