Untitled Document
 
  Palhoça
A cidade
Atrações Turísticas
Como Chegar
História
Cultura
Galeria de Fotos
Praias
Ilhas
Vídeos
  Recomendamos

Bares e Baladas
Gastronomia
Pousadas

  Serviços
Agências de Viagens
Imobiliárias
Locadoras de veículos
  Destaques
Ilha do Papagaio





História
 
   
 

Um povoado de palhoças
 
Palhoça foi fundada em 1793, para proteger a capital catarinense das tentativas de invasões espanholas. Estrategicamente, a cidade foi estabelecida no caminho entre Lages e Nossa Senhora do Desterro, que mais tarde passaria a se chamar Florianópolis. Em ofício, o governador de Santa Catarina, coronel João Alberto de Miranda Ribeiro, incube Caetano Silveira de Matos a construir palhoças para estocar farinha na estrada que liga a serra ao litoral. Assim foi batizada a cidade.

Palhoça, inicialmente, servia de base para as tropas de gado que desciam a estrada de Lages para abastecer a Ilha de Santa Catarina. Com o tempo, pescadores descendentes de açorianos foram se instalando próximo às palhoças e o núcleo de moradores cresceu.

Com o passar dos anos, a localidade passou a contar com várias indústrias pesqueiras e baleeiras, que extraíam e comercializavam o óleo desses animais. Nas primeiras décadas do século 19, Palhoça recebeu imigrantes europeus. Alemães e italianos, atraídos pela promessa de uma nova vida na América, fortaleceram o comércio entre litoral e serra catarinense.

Mas o povo palhocense é composto também por negros, libaneses, gregos, japoneses e por descendentes dos povos que habitavam a região antes da chegada dos europeus. A Comunidade Indígena Guarani se instalou na localidade do Moro dos Cavalos na década de 1960, proveniente do interior dos três Estados do Sul do Brasil e atualmente sobrevive da venda de artesanatos.

 

Voltar
 
  ® Copyright 2007 - Portal Turístico do Brasil. - Turismo Virtual